Skip to main content

AquaLibri – Biblioteca Digital do Cávado é apresentada quinta-feira em Vila Verde

Atualizado em 05/09/2022
Convite Aquialibri

A Biblioteca Municipal Prof. Machado Vilela, em Vila Verde, acolhe na próxima quinta-feira, dia 8 de setembro, a sessão de apresentação pública local da AquaLibri – Biblioteca Digital do Cávado.

A sessão, com início agendado para as 15h30, será presidida pela presidente da Câmara Municipal, Júlia Rodrigues Fernandes, contemplando um espaço de tertúlia com a participação do presidente da Fundação Bracara Augusta e docente da Universidade do Minho, Miguel Bandeira, da diretora interina do Centro de Documentação 25 de Abril, Natércia Coimbra, do coordenador da Biblioteca da Escola Secundária de Amares, Jorge Brandão, e da coordenadora da Biblioteca Municipal Prof. Machado Vilela, Manuela Barreto Nunes.

A AquaLibri é um projeto da Rede Intermunicipal de Leitura Pública da CIM Cávado, desenvolvido com o apoio da Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (DGLAB). Tem como objetivo disponibilizar digitalmente documentos que retratam a história e o devir das comunidades dos seis municípios da Comunidade Intermunicipal do Cávado, incluindo livro antigo, coleções de jornais, fotografias, postais, manuscritos ou filmes.

Na comunidade “Biblioteca Prof. Machado Vilela”, os vilaverdenses encontrarão, a título de exemplo, “A Folha de Villa Verde” o jornal mais antigo do concelho, mas também as décadas iniciais do quinzenário “O Vilaverdense” e do “Jornal da Vila de Prado”, as obras do Prof. Machado Vilela e parte da sua biblioteca particular, fotografias da fauna, flora e património do concelho, monografias locais e muitos outros documentos de valor nacional e internacional.

Contando já com a colaboração da comunidade local, a AquaLibri é um projeto de cidadania que pretende envolver pessoas, famílias e instituições no seu crescimento e enriquecimento, disponibilizando documentos dos arquivos pessoais e familiares, ou coleções bibliográficas privadas para digitalização.

Esta colaboração é já uma realidade, expressa na cedência de exemplares do “Jornal da Vila de Prado” pela Casa do Povo de Prado, de documentos do seu arquivo histórico pela Associação Jurídica de Braga (que teve como presidente o Prof. Álvaro Machado Vilela), de fotografias pelo fotógrafo amador António Moreira, ou ainda de documentos do arquivo familiar dos descendentes de Manuel José de Oliveira, ilustre médico e republicano de Marrancos.

Município de Vila Verde, 05.09.2022
Font Resize