Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais

Retornar para página inteira
Voltar

Escola Monsenhor Elísio Araújo e Escola Secundária de Vila Verde apresentaram o “Espaço Casa”, um T0 onde os alunos aprendem a cozinhar, passar a ferro e a limpar

“Neste T0, os alunos aprendem um bocadinho de tudo o que se faz numa casa, como cozinhar, passar a ferro ou aspirar o pó”

A apresentação pública dos “Espaços Casa” decorreu, durante o dia ontem, 16 de outubro, na Escola Monsenhor Elísio Araújo e na Escola Secundária de Vila Verde. Este projeto insere-se no âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE) - “Aprender a Ser com Competências Transversais”.

A principal finalidade da criação destes espaços foi a implementação de um “T0” integrado em contexto escolar, que dispusesse de condições e instrumentos para que alunos com necessidades especiais, e não só, possam aprender tarefas domésticas como cozinhar, arrumar e limpar.

Pretende-se, assim, adotar uma estratégia de diferenciação educativa que impulsione a aquisição de conhecimentos, capacidades e aptidões que potenciem a sua autonomia pessoal, a emancipação dos alunos com necessidades especiais no processo de aprendizagem, a inclusão escolar e os laços de reconhecimento social.

Assim, os cerca de vinte cinco alunos das duas escolas poderão, três vezes por semana, e em complemento às atividades letivas normais, trabalhar a sua autonomia através de tarefas que lhes serão úteis no seu dia a dia.

 

Universalizar o acesso a uma educação de elevada qualidade

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela referiu que «A educação tem que ser encarada como um setor estruturante e como fator inadiável de desenvolvimento sustentado de um território.»

No que respeita a este projeto o autarca vilaverdense acrescentou que «Na verdade, enquanto penhor de valores inalienáveis, como a liberdade, a igualdade e a justiça social, o Município de Vila Verde assume como verdadeiramente estratégica políticas concretas e de investimentos suscetíveis de universalizar o acesso de todas as crianças e jovens a uma educação de elevada qualidade que os prepare para os desafios continuamente emergentes num mundo desenvolvido em que o conhecimento se afirma como uma das principais riquezas.»

 

Esta medida é uma das mais pedidas pelas escolas

Durante a apresentação dos espaços, a Vereadora da Educação, Cultura e Ação Social, Drª Júlia Fernandes, deixou fortes elogios ao projeto, referindo que «esta é uma das treze ações que temos dentro de um grande projeto de combate ao insucesso e ao abandono escolar. Sendo esta medida uma das mais pedidas pelas escolas, penso que chegamos a um resultado extraordinário.»

A autarca esclareceu que «quando o projeto acabar, este espaço fica para a escola, para que vocês possam pôr em prática tudo aquilo que veem na televisão e nas vossas casas. Uma das grandes valências deste projeto é vocês poderem experimentar, todos os dias, coisas que vos vão ser úteis na vossa vida.»

«Neste T0 os alunos aprendem um bocadinho de tudo o que se faz numa casa, como cozinhar, passar a ferro ou aspirar o pó» finalizou Júlia Fernandes.

O Diretor do Agrupamento de Escolas de Vila Verde, Dr. Alberto Rodrigues, não escondeu o entusiasmo e aplaudiu o projeto, o qual considera«um sonho que já tínhamos há muitos anos».

Alberto Rodrigues disse «Aproveito para a agradecer a oportunidade que nos foi dada pelo Município de Vila Verde em colaboração com a CIM do Cávado. Este foi um trabalho de muitos, que só podia ter um resultado excelente como este. Temos muita fé no trabalho que aqui vai ser desenvolvido a partir de agora.»

O Diretor da Escola Secundária de Vila Verde, Dr. João Graça, parabenizou o Município «pela forma como tem abordado a temática do insucesso escolar. Questionar as escolas sobre o que é que elas precisavam foi essencial neste projeto que é claramente uma bandeira da inclusão da nossa escola.»

Projetos dos Territórios Educativos envolvidos foram apresentados na Tertúlia “Estratégias de diferenciação educativa”

No âmbito desta atividade, decorreu, ainda, em formato tertúlia, na Escola Secundária de Vila Verde, a apresentação do projeto"Competências Digitais" do Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva, o projeto"Pratico+Literacia", do Agrupamento de Escolas de Prado e o projeto "Pratico e aprendo no Espaço Casa", do Agrupamento de Escolas de Vila Verde e Escola Secundária de Vila Verde.

Refere-se ainda que a iniciativa integra a Bolsa de Projetos com incidência Municipal do PIICIE do Cávado e resulta do processo de diagnóstico adaptado às necessidades identificadas nas e pelas comunidades educativas locais.

Município de Vila Verde, 17.10.2019

 

GALERIA FOTOGRÁFICA