Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais

Retornar para página inteira
Voltar

Braval e Município de Vila Verde colocam ecopontos na Loureira e em Oleiros

Para assinalar Dia Mundial do Ambiente, que se celebra amanhã, dia 5 de junho, e no culminar de 2 campanhas de otimização da recolha seletiva de resíduos e promoção da compostagem, foram colocados 2 ecopontos em Vila Verde, na Zona de Lazer da Ponte Nova, na Loureira e em Oleiros, simbolizando o reforço da recolha seletiva multimaterial. O ato contou com a presença de Júlia Fernandes, Patrício Araújo, Rui Morais, Pedro Dias, designadamente, Vereadora da Educação e Vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Vila Verde, Presidente do Conselho de Administração da Braval e Presidente da Junta da Loureira.

Este reforço está a ser feito através da aquisição e instalação de 150 ecopontos subterrâneos e 200 ecopontos de superfície, que está a decorrer, no âmbito da candidatura “Otimização e reforço da rede de recolha seletiva e da gestão de resíduos ao nível das produção e reciclagem da Braval”, financiada pelo POSEUR (Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos), através do Portugal 2020 e do Fundo de Coesão da União Europeia, no valor global de 4,5 milhões de euros.

Desta candidatura fazem parte ainda a aquisição de 3 novas viaturas para recolha seletiva multimaterial, equipadas com grua e caixa compactador, o reforço da recolha seletiva de OAU (óleos alimentares usados) através da aquisição de 100 óleões de superfície para colocação na via pública.

Também prevê a reformulação do sistema de triagem multimaterial instalado na BRAVAL (dotado de apenas uma linha para as frações papel/cartão e plástico/metal), através da adaptação da Unidade de Tratamento Mecânico para triagem da fração amarela (plástico/metal) do ecoponto, aproveitando o avultado investimento feito no sistema de separação ótica, e reconversão da atual Estação de Triagem para separação única da fração azul (papel/cartão) e um sistema de gestão de frota e do nível de enchimento e recolha.

Foram realizadas campanhas de sensibilização ambiental, junto dos vários públicos-alvo, através das quais foram distribuídos ecopontos domésticos e ecopontos em cartão para instituições, entre outras ações.

Noutro projeto em que a Braval está envolvida, o Res2ValHum, co-financiado pelo Interreg, tendo como objetivo a otimização da qualidade do composto Ferti+, resultante da valorização dos resíduos orgânicos da recolha indiferenciada, dotamos todas as escolas da nossa área de abrangência, com ecopontos de 120L para espaços comuns e ecopontos em cartão para todas as salas de aula.

Este projeto contempla ainda a promoção da compostagem doméstica, com o fornecimento de compostores à população e instituições, cuja entrega aos selecionados decorrerá na manhã do dia 5, no Ecoparque Braval. Estão ainda a ser distribuídos 20.000 sacos-ecoponto para incentivar à separação dos resíduos e, por conseguinte, melhorar a qualidade dos resíduos orgânicos.

Município de Vila Verde, 4.6.2021

 

GALERIA FOTOGRÁFICA