Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais

Retornar para página inteira
Voltar

SANTO ANTÓNIO - Música, etnografia e cerimónias religiosas atraíram milhares a Vila Verde no terceiro dia das festas concelhias

A edição de 2017 das Festas Concelhias em Honra de Santo António continua a arrastar um autêntico mar de gente a Vila Verde, que se afirma como uma terra de tradição. Uma terra que valoriza e celebra o legado cultural e nele funda os alicerces necessários para construir e sustentar um futuro mais próspero. O dia de ontem, 11 de junho, não foi exceção. Os espetáculos de música ao vivo, o desporto, a etnografia e as cerimónias religiosas garantiram um programa rico e diversificado, que atraiu milhares de pessoas a Vila Verde. Uma mostra da genuína cultura minhota, que permitiu, em simultâneo, promover o território e dinamizar a economia local.

 

Prova de Cicloturismo e passeio de Moto Clube de Vila Verde

O dia começou com uma atividade de desporto e natureza, numa aventura à descoberta de algumas das mais belas paisagens naturais do concelho. A Prova de Cicloturismo de Santo António, organizada pelo Cicloclube de Vila Verde, saiu para a estrada por volta das 09h00 e levou os participantes numa aventura à descoberta de algumas das mais belas paisagens naturais do concelho. Uma hora mais tarde, lugar para uma iniciativa que fez as delícias dos amantes da adrenalina e da velocidade em duas rodas, com o Passeio do Moto Clube de Vila Verde 2017.

 

Igreja Matriz de Vila Verde acolhe Missa Solene em honra a Santo António

Um pouco mais tarde, pelas 11h00, teve lugar a Missa Solene em honra a Santo António, animada pelo Grupo Coral de Vila Verde e pela Academia de Música de Vila Verde, que deram um brilho especial a uma Eucaristia em que a Igreja Paroquial esteve de lotação totalmente esgotada.

 

 

 

Festival Folclórico Concelhio um tributo à etnografia local

A tarde começou com um hino à música popular da nossa região. O Festival Folclórico continua a afirmar-se como um tributo merecido à etnografia local, com nove grupos a desfilarem em palco a vitalidade, animação e ritmo que caracterizam o folclore, perante largas dezenas de espectadores.

 

 

 

Banho de multidão na procissão em honra de Santo António

O calor abrasivo que se fez sentir durante todo o dia não causou mossa na Majestosa Procissão em Honra de Santo António, que foi recebida por um banho de multidão. A atividade atestou de forma categórica a importância das cerimónias religiosas nas Antoninas vilaverdenses. O cortejo foi recebido por milhares de pessoas, distribuídas pelas principais artérias da vila, que deram renovado encanto ao coração de Vila Verde e uma força extra às centenas de figurantes e andores que participaram na procissão. Pelo meio houve ainda tempo para o Desfile Filarmónico.

 

 

Concerto Filarmónico

A Banda de Musica de Vila Verde e a Banda Musical de Aboim da Nóbrega deram um colorido especial às Festas Antoninas. A participação destas bandas musicais nas festividades teve lugar, ontem, 11 de junho, onde participaram de forma impetuosa na Majestosa Procissão em honra de Santo António, e à noite deram um magnífico concerto Filarmónico, em jeito de despique, nos coretos instalados na Praça de Lohmar, no centro de Vila Verde. Este espetáculo atraiu milhares de pessoas aquela praça tão peculiar de Vila Verde, onde a música filarmónica foi rainha, afirmando Vila Verde como uma terra de tradição, que tem orgulho no seu passado e nele consolida e projeta os rumos de desenvolvimento e progresso. Uma vez mais, as iniciativas das Antoninas revelaram-se uma plataforma de excelência para a divulgação do que de mais genuíno e tradicional existe na cultura vilaverdense.

 

A prata da casa voltou a mostrar o seu valor

Um pouco mais tarde, arrancou mais um grande espetáculo musical com a chancela de qualidade da Academia de Música de Vila Verde, que contou com a participação especial de diversos talentosos e sobejamente conhecidos artistas vilaverdenses. Miguel Oliveira, Isa de Castro, Rogério Braga e Zé Pedro Ribeiro juntaram-se à Big Band e ao Coro da conceituada academia vilaverdense para um espetáculo inesquecível, que fez o público vibrar do primeiro ao último minuto. A animação prosseguiu noite dentro com o After-Party com DJ. Hoje, dia 12 de junho, a tarde começa com dois musicais (‘Palhaços’ e ‘Música no Coração’) e o serão traz consigo as rusgas e os cantares ao desafio, característicos da noite de Santo António.

 

GALERIAS FOTOGRÁFICAS