Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais

Retornar para página inteira
Voltar

3,2 milhões de euros para o Aviso do Sistema de Incentivos ao Empreendedorismos e ao Emprego apresentado em Vila Verde

A Casa do Conhecimento de Vila Verde foi palco da apresentação de um novo Aviso, SI2E - Sistema de incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego, do Programa Operacional Regional do Norte, no valor global de 3,2 milhões de euros. O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela foi o anfitrião desta cerimónia, que contou com a presença do presidente da Atahca, Dr. Mota Alves, do primeiro secretário da CIM-Cávado, Engº Luís Macedo e da Dr. Paula Santos, técnica da CCDR-Norte.

As candidaturas, para serem consideradas elegíveis ao presente concurso, devem demonstrar o seu contributo para a prossecução dos objetivos específicos das prioridades de investimento, em particular incentivar a criação de emprego por conta própria e de empresas por desempregados e outras pessoas desfavorecidas ou inativas. Os investimentos abrangidos são até 100 mil euros na área de intervenção dos Grupos de Ação Local, sendo que em Vila Verde ficam à responsabilidade da ATAHCA, e entre 100 e 235 mil na responsabilidade das éreas de intervenção das Comunidades Intermunicipais e da Área Metropolitana do Porto. Este aviso financia entre 30% e 50% do investimento, 60% no caso do Concelho de Vila Verde, em máquinas, equipamentos, informática, planos de marketing e pequenas obras de remodelação, para além de conceder apoio por posto de trabalho criado até 15 meses, 18 meses no caso do Concelho de Vila Verde.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, considera que “o Concelho de Vila Verde, mercê das políticas municipais de incentivo fiscal para a fixação de investimentos, tem nos últimos tempos captado empresas que permitirão muito em breve criar algumas centenas de postos de trabalho diretos, promovendo a fixação em Vila Verde dos nossos jovens.”

O mesmo Edil reconhece e sublinha “a importância da abertura deste tipo de avisos para a criação ou expansão de micro e pequenas empresas, que envolve a apresentação de um projeto de investimento e a criação líquida de postos de trabalho. Acredito plenamente que este aviso permitirá que os empresários Vilaverdenses, que podem usufruir da majoração dos territórios de baixa densidade, possam modernizar as suas empresas, tornando-as economicamente mais rentáveis e com isso possam aumentar o número de empregos.”

 

GALERIA FOTOGRÁFICA