Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais

Retornar para página inteira
Voltar

Vila Verde investe mais de 6 milhões de euros em saneamento, em 2017 e 2018

Obras de saneamento em Cabanelas poderão ultrapassar 1 milhão de euros de investimento

A Câmara Municipal de Vila Verde está a concluir os procedimentos para a concretização de um forte investimento no alargamento da rede de saneamento básico em todo o concelho, com o objetivo de fazer chegar este serviço de vital importância a uma parte muito significativa do território e das residências dos Vilaverdenses.

O investimento global, em 2017 e 2018, será superior a 6 milhões de euros e representará um passo muito importante no sentido da melhoria das condições de vida das famílias e em matéria de preservação e valorização ambiental.

As obras de instalação de saneamento básico na freguesia de Cabanelas estão a decorrer, tal como o procedimento para adjudicação da intervenção sem precedentes que vai ser feita neste freguesia, num investimento global acima de 1 milhão de euros.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, e o Presidente da Junta de Freguesia de Cabanelas, António Esquível, visitaram os trabalhos que já tiveram início nesta freguesia da zona sul do concelho e foram unânimes em considerar que a construção destas infraestruturas de saneamento básico e o consequente alargamento da rede aos vários lugares da freguesia vão ter um impacto muito positivo no bem-estar das pessoas e na defesa do equilíbrio ambiental.

O Presidente da edilidade vilaverdense afiança que “a Câmara Municipal vai, já em 2017 e em 2018, realizar um elevado volume de obras que levará o saneamento a milhares de residências concelhias, melhorando as condições de vida das pessoas e contribuindo para que o ambiente natural e particularmente os cursos de água que percorrem o território conservem a elevada qualidade e a pureza que fazem deles grandes mais-valias em termos de lazer, de atratividade turística e de dinamização da economia local.”

Na ótica do mesmo Edil, “2017 marca o arranque de uma era de forte aposta na disseminação do saneamento pelas freguesias concelhias e surge no seguimento lógico de todo o esforço que já foi feito com a construção das etares de Cabanelas e ribeira do Neiva, equipadas com tecnologia de ponta, e com a instalação de interceptores ao longo das margens dos principais rios do concelho.”

O Dr. António Vilela enfatiza ainda que “a aposta firme e determinada no desenvolvimento sustentável é um dado mais do que adquirido em Vila Verde e vai, assim, conhecer um grande impulso no ano que agora principia, representando um inestimável contributo para o aumento da atratividade do território, aportando uma vida melhor para os Vilaverdenses e constituindo-se como um fator de captação de novos residentes e investidores que aqui encontram excelentes condições para poderem desenvolver os seus projetos de vida e as suas ideias de negócio.”