Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais

Retornar para página inteira
Voltar

Está em curso a obra de construção do Centro de Promoção de Gastronomia e Ciências Gastronómicas

A obra de reabilitação do edifício da antiga escola primária de Vila Verde, que foi lançada a concurso com o preço base de 1 398 723,58€ (IVA não incluído), vai permitir a criação de uma unidade de promoção da gastronomia local.

Esta empreitada, com um custo total de 1 260 320€, está ser ser financiada no âmbito da Operação Norte – FEDER, em 739 300€.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, e a Vereadora da Educação, Cultura e Ação Social, Dra. Júlia Fernandes, realizaram uma visita a esta obra da maior importância para o desenvolvimento da gastronomia concelhia e puderam verificar que esta intervenção no sentido da completa reconversão daquele edifício segue em bom ritmo.

Este investimento potenciará o desenvolvimento da área da restauração e da hotelaria, uma mais-valia local que a população muito aprecia e que atrai ao concelho de Vila Verde um significativo número de visitantes e turistas, catalisando, assim, o turismo local e regional e a economia concelhia.

O projeto insere-se na tipologia de candidaturas destinada à “reabilitação integral de edifícios, nomeadamente destinados a habitação, a equipamentos de utilização coletiva, a comércio ou a serviços, públicos ou privados, com idade igual ou superior a 30 anos, ou, no caso de idade inferior, que demonstrem um nível de conservação igual ou inferior a 2, determinado nos termos do estabelecido pelo Decreto -Lei n.º 266 -B/2012, de 31 de dezembro".

Com esta profunda intervenção, a Câmara Municipal de Vila Verde pretende preservar a estrutura original, apostando sobretudo na alteração da compartimentação interior e na ampliação necessária. A área exterior será integrada como espaço de usufruto público, implicando a demolição de muros de vedação e a definição de uma praça, potenciando o convívio em espaços exteriores e cobertos, com uma estrutura em aço e tela retratil.

 Os dois pisos existentes mantêm-se, alterando-se as compartimentações interiores, dotando o piso térreo com espaços administrativos, de serviços, de preparação e provas gastronómicas e de um espaço multiusos, viabilizando uma relação permeável e flexível entre o interior do piso térreo e a praça exterior. No piso superior serão criados laboratórios de ciências gastronómicas, espaços de promoção de gastronomia, salas de exposições e reuniões e terá ainda um auditório.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, refere que “esta obra surge na senda da estratégia do Município de Vila Verde de preservar e revitalizar os vários imóveis que deixaram de estar ao serviço da educação, porque foram substituídos por modernos centros escolares, reconvertendo-os e potenciando a sua utilização em valências do maior interesse para o desenvolvimento local”.

O Dr. António Vilela aduz que  “com a reabilitação deste imóvel situado no centro da sede concelhia que se estava a degradar-se, além de estarmos a contribuir para a melhoria da qualidade ambiental, urbanística e paisagística do local, vamos dar masis um contributo para a afirmação do núcleo urbano da freguesia de Vila Verde e Barbudo como mais um importante polo de dinamização do comércio, dos serviços e do turismo local.”

O mesmo Edil recorda que “a gastronomia de Vila Verde se diferencia pela genuinidade dos produtos que utiliza, recorrendo principalmente a produtos locais de elevada qualidade.”

Município de Vila Verde, 14.07.2021