Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais Alterações ao atendimento nos Serviços Municipais

Retornar para página inteira
Voltar

A Conferência “Stº António: uma devoção com Alma” deu a conhecer um dos portugueses mais conhecido e venerado em todo o mundo

Na noite de ontem, 30 de junho, Santo António foi o tema central da conferência “Stº António: uma devoção com Alma” que contou com a participação de ilustres oradores conhecedores da vida de Santo António e das tradições com ele relacionadas, com moderação de Júlia Fernandes, Vereadora da Educação, Cultura e Ação Social, versada na tradição de Stº António de Mixões da Serra.

Pedro Teotónio Pereira, Coordenador do Museu de Lisboa - Santo António, apresentou Santo António como um dos portugueses mais conhecido e venerado em todo o mundo. Deu a conhecer a vida deste Santo nascido em Lisboa, os inúmeros padroados que lhe são atribuídos, os diferentes países dos cinco continentes onde é venerado, a variedade iconográfica que dele existe espalhada pelo mundo, as especificidades das festividades e celebrações que lhe são dedicadas, o poder unificador da sua devoção conseguindo reunir povos de diferentes religiões. Como referiu “é notável a presença de Santo António em todo o mundo e em todas as situações.”

Adélia Santos, Técnica Superior de Museologia e Património do Município de Vila Verde revelou cerca de 350 anos de história e tradição da Romaria de Santo António de Mixões da Serra, a sua génese, a sua intenção, as promessas feitas e cumpridas, a continuidade de uma devoção, como se fazia e o como se faz, os peregrinos que foram e vão em romaria, a missa, a bênção dos animais, a procissão, a festa, a mística e a solenidade, o envolvimento singular, a tradição que se pretende manter, proteger e perpetuar!

Alfredo Cunha, Fotojornalista referiu-se ao trabalho fotográfico que elaborou ao longo de vinte anos sobre a Romaria de Santo António de Mixões da Serra e que culminou na publicação de um livro intitulado “A Bênção dos Animais”. Como mencionou o livro “retrata a vivência de Mixões da Serra e daquela Romaria a Santo António ao longo do tempo(…) Há ali uma concentração de pessoas, há um universo que se junta naquele largo e que faz acontecer coisas fenomenais, como costumo dizer faz acontecer muitas fotografias! (…) O aspeto humano é muito poderoso e é o que me toca naquela festa! É em sua opinião um livro que “expressa o respeito pelas pessoas, pelas vivências, pelas crenças, por aquele momento de grande elevação.”

Na moderação a Vereadora evidenciou Vila Verde e as características um povo simples, trabalhador e de fé, a singularidade e peculiaridade da Romaria de Stº António de Mixões da Serra, da bênção dos animais como um dos rituais mais emblemáticos e aguardado ano após ano.

“Património com Alma” é uma iniciativa conjunta da Casa do Conhecimento de Vila Verde, da Biblioteca Municipal Professor Machado Vilela e do Serviço de Ação Cultural, em parceria com a Rede de Casas do Conhecimento, concretamente com a Casa do Conhecimento da Universidade do Minho, de Boticas, Montalegre e Paredes de Coura e tem a sua próxima conferência prevista para o mês de setembro.

 

Casa do Conhecimento de Vila Verde,

1 de julho de 2021