Pular para o conteúdo
 Facebook  Flickr  Issuu  YouTube  Instagram  Newsletter - Juntos Fazemos Vila Verde

            

Notícias Notícias

Voltar

MÊS DO ROMANCE - INATEL de Braga acolheu apresentação da nova linha da Bia Portuguesinha e exposição de produtos Namorar Portugal

A delegação de Braga da Fundação INATEL abriu as portas ao amor e ao romance. Ao carinho e ao afeto. Aos motivos dos Lenços Namorar Portugal e aos sentimentos que eles transportam. Ontem, 07 de fevereiro, pelas 16h00, a criadora Maria Eugénia Calçada apresentou ao país e ao mundo a ‘Bia Fidalga e os Noivos Namorar Portugal’, uma linha de bonecas de coleção, fabricadas de forma artesanal, com vestidos confecionados no tear manual e acessórios criados à medida por ourives. A esta linha juntam-se também os Novos Namorar Portugal. Todos os produtos são adornados com os motivos dos Lenços Namorar Portugal, bordados manualmente no tecido.

A iniciativa assinalou também a inauguração de uma exposição de produtos Namorar Portugal, patente numa das mais movimentadas avenidas da capital do Minho até ao dia 16 de fevereiro. Durante o mesmo período, a Fundação INATEL, reconhecida dinamizadora e impulsionadora de causas sociais e culturais, recebe também seis workshops Namorar Portugal (bordados, tecelagem, cake design, jóias, desenho e acessórios têxteis), em que os produtores vão partilhar com o público, de forma totalmente gratuita, as técnicas e segredo por trás das suas encantadoras criações.

 

A estrela mais cintilante de uma grande constelação

A abertura da sessão ficou a cargo da vereadora da Cultura do Município de Vila Verde que não escondeu a satisfação por regressar a uma casa que tão bem tem recebido a tradição portuguesa e a marca Namorar Portugal, deixando também um agradecimento aos parceiros por partilharem as suas artes com o público em geral. Júlia Fernandes aproveitou para recordar que as iniciativas se inserem numa programação turístico-cultural intensa e emotiva, que, ao longo de 38 dias (26 de janeiro a 04 de março), se estende em mais de uma centena de iniciativas de celebração do amor. A estrela mais cintilante da constelação do Mês do Romance é a Gala Namorar Portugal, a 14 de fevereiro, em pleno dia de S. Valentim, com jantar romântico, programa cultural associado, concurso de criadores de moda, desfile de moda, celebridades nacionais e centenas de casais enamorados.

 

Jóias de autor e vestidos confecionados no tear manual

De seguida, tempo para conhecermos de forma mais pormenorizada as coloridas e ternurentas bonecas artesanais da nova coleção da Bia Portuguesinha. A talentosa criadora Maria Eugénia Calçada não deixou créditos por mãos alheias e chegou carregada de novidades na bagagem. Os pendentes das Bias são jóias de autor, inspiradas na joalharia lusitana para dar ainda mais brilho a uma boneca de coleção que respira arte e tradição. Por outro lado, assumem-se também como elegantes acessórios de moda para senhora, pelo que podem ser partilhados entre a dona e a boneca. Os vestidos, “únicos e totalmente personalizáveis”, resultam de outra das mais acarinhadas tradições nacionais. São confecionados no tear manual pelo mestre da Tearte, Fenando Rei, numa interessante sinergia entre dois parceiros Namorar Portugal.

 

Era uma vez os ‘Noivos Namorar Portugal’

A criadora da Bia Portuguesinha é uma apaixonada pela tradição portuguesa e encarregou-se de bordar à mão os motivos dos Lenços na indumentária dos ‘Noivos Namorar Portugal’. Um noivo elegante, com apontamentos mais discretos dos motivos dos Lenços Namorar Portugal, e uma noiva que exala amor e carinho, ternura e afeto. “No bordado do vestido podemos ver os nomes dos noivos, símbolos do amor, elementos da história do casal e a pretensão da noiva, o que ela deseja para o casamento. Os três pontinhos simbolizam os três filhos que ela pretende”, afirmou Maria Eugénia Calçada, que terminou com um agradecimento ao Município de Vila Verde pela oportunidade de se juntar à marca Namorar Portugal e à INATEL por receber o lançamento oficial da nova linha da Bia Portuguesinha.

 

Grande criatividade e capacidade de inovação

Presente na sessão, o presidente do Município de Vila Verde reiterou os agradecimentos à INATEL e saudou os parceiros Namorar Portugal pela criatividade e capacidade de inovação, com uma palavra especial para “a Maria Eugénia Calçada, pela coleção que nos apresenta”. “No fundo temos aqui dois produtos diferentes, as bonecas artesanais e os acessórios, que, pelas suas características, também podem ser utilizados pelas senhoras como acessório de moda. Também partilham uma característica que é comum a diversos produtos Namorar Portugal, o facto de serem personalizáveis, podendo ser adaptados ao simbolismo dos momentos que as pessoas pretendem celebrar. Parabéns por esta apresentação”, afirmou António Vilela, sem esconder a satisfação com o êxito da marca territorial vilaverdense, resultado de uma sinergia de esforços entre o Município e dezenas de parceiros, com o intuito de promover a cultura, divulgar o território e dinamizar a economia.

 

GALERIA FOTOGRÁFICA

 

 


Bem-vindo Bem-vindo

A Internet é o principal veículo de comunicação de que as pessoas se servem, no seu dia-a-dia, em todo o mundo, tanto na sua vida pessoal como no desempenho da atividade profissional. Todas as organizações modernas têm nos seus sites uma janela aberta ao mundo e uma plataforma de comunicação e de interação com o seu público-alvo. Estaremos sempre abertos à inovação e recetivos a sugestões que nos ajudem a continuar a construir um Concelho próspero onde todos gostem de viver e se realizem profissionalmente.            

 

                      Vila Verde Incentiva +

Documentos recentes Documentos recentes

FICHA TÉCNICA

Conceção geral, design gráfico e execução técnica
Unidade de Inovação e Conhecimento, Unidade de Sistemas de Informação

Edição e manutenção
Serviços do Município de Vila Verde

 Agradece-se a comunicação de qualquer anomalia técnica ou outro tipo de dificuldade relacionada com a utilização do site. Para o efeito, envie email para helpdesk@cm-vilaverde.pt.
Este projeto foi cofinanciado pelo projeto Cávado Digital MAIS (POVT)

PROTEÇÃO DE DADOS

Apenas deve fornecer os dados pessoais necessários para a prestação do serviço solicitado, nomeadamente para ser capaz de aceder a qualquer um dos serviços no sítio que possuam gestão de processos especificos dependentes do utilizador.
Estes dados serão incorporados nos arquivos correspondentes no Município de Vila Verde e serão tratados em conformidade com o regulamento estabelecido por lei.
Os dados recolhidos apenas serão objeto de transferência, sempre que apropriado, com o consentimento da pessoa em questão ou em conformidade com a referida legislação de protecção de dados.
As pessoas cujos dados pessoais, contidos nos ficheiros do Município de Vila Verde, podem exercer os seus direitos de acesso, rectificação, cancelamento e oposição, na forma prevista pela lei, antes do envio para o arquivo.

AVISO LEGAL

O Município de Vila Verde, através de seu portal na Web fornece informações de interesse geral do concelho de Vila Verde, em especial, a informação e os esforços da organização municipal. A informação fornecida é atual no momento da sua publicação.
O Município de Vila Verde pretende que esta informação seja exata e precisa e procede à sua atualização com a maior frequência possível, tentando evitar erros e corrigi-los, assim que os deteta. No entanto, o Município de Vila Verde não pode garantir a ausência de erros ou que o conteúdo da informação seja permanentemente atualizado.
O Município de Vila Verde pode levar a cabo a qualquer momento e sem aviso prévio, modificações, supressões ou alterações das informações publicadas ou ser capaz de alterar a configuração ou a apresentação.
O acesso ao portal da Web, bem como a utilização das informações que ele contém, são da exclusiva responsabilidade do utilizador. O Município de Vila Verde não é responsável por quaisquer danos que possam decorrer destes factos, nem pode garantir que o acesso não seja interrompido, ou que o conteúdo ou software acedido esteja livre de erros ou causa de dano.
As informações prestadas em resposta a qualquer pergunta ou pedido de informação são meramente indicativas e em nenhum caso será vinculativa para a resolução de procedimentos administrativos, que são estritamente sujeitos às normas legais ou regulamentares que sejam aplicáveis.
Os conteúdos publicados incluem links para páginas de terceiros, web sites, principalmente de outras entidades públicas, que são considerados como podendo ser de interesse para os utilizadores do Portal. O Município de Vila Verde não assume qualquer responsabilidade derivada das ligações ou do conteúdo desses links.