Pular para o conteúdo

Na Rota das Colheitas Na Rota das Colheitas

Facebook  Flickr  Issuu  YouTube

                       

                

FICHA TÉCNICA

Conceção geral, design gráfico e execução técnica
Unidade de Inovação e Conhecimento, Unidade de Sistemas de Informação
 
Edição e manutenção
Serviços do Município de Vila Verde
 
Agradece-se a comunicação de qualquer anomalia técnica ou outro tipo de dificuldade relacionada com a utilização do site. Para o efeito, envie email para helpdesk@cm-vilaverde.pt.
Este projeto foi cofinanciado pelo projeto Cávado Digital MAIS (POVT)

PROTEÇÃO DE DADOS

Apenas deve fornecer os dados pessoais necessários para a prestação do serviço solicitado, nomeadamente para ser capaz de aceder a qualquer um dos serviços no sítio que possuam gestão de processos especificos dependentes do utilizador.
Estes dados serão incorporados nos arquivos correspondentes no Município de Vila Verde e serão tratados em conformidade com o regulamento estabelecido por lei.
Os dados recolhidos apenas serão objeto de transferência, sempre que apropriado, com o consentimento da pessoa em questão ou em conformidade com a referida legislação de protecção de dados.
As pessoas cujos dados pessoais, contidos nos ficheiros do Município de Vila Verde, podem exercer os seus direitos de acesso, rectificação, cancelamento e oposição, na forma prevista pela lei, antes do envio para o arquivo.

AVISO LEGAL

O Município de Vila Verde, através de seu portal na Web fornece informações de interesse geral do concelho de Vila Verde, em especial, a informação e os esforços da organização municipal. A informação fornecida é atual no momento da sua publicação.
O Município de Vila Verde pretende que esta informação seja exata e precisa e procede à sua atualização com a maior frequência possível, tentando evitar erros e corrigi-los, assim que os deteta. No entanto, o Município de Vila Verde não pode garantir a ausência de erros ou que o conteúdo da informação seja permanentemente atualizado.
O Município de Vila Verde pode levar a cabo a qualquer momento e sem aviso prévio, modificações, supressões ou alterações das informações publicadas ou ser capaz de alterar a configuração ou a apresentação.
O acesso ao portal da Web, bem como a utilização das informações que ele contém, são da exclusiva responsabilidade do utilizador. O Município de Vila Verde não é responsável por quaisquer danos que possam decorrer destes factos, nem pode garantir que o acesso não seja interrompido, ou que o conteúdo ou software acedido esteja livre de erros ou causa de dano.
As informações prestadas em resposta a qualquer pergunta ou pedido de informação são meramente indicativas e em nenhum caso será vinculativa para a resolução de procedimentos administrativos, que são estritamente sujeitos às normas legais ou regulamentares que sejam aplicáveis.
Os conteúdos publicados incluem links para páginas de terceiros, web sites, principalmente de outras entidades públicas, que são considerados como podendo ser de interesse para os utilizadores do Portal. O Município de Vila Verde não assume qualquer responsabilidade derivada das ligações ou do conteúdo desses links.

Notícias Notícias

Voltar

CIM CÁVADO INSTALA CONSELHO INTERMUNICIPAL - Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde reeleito Vice-Presidente

O Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Cávado foi ontem instalado (30 de Outubro), com a posse dos presidentes dos municípios que o compõem. A CIM do Cávado agrega os seis municípios da NUT III do Cávado, cujos municípios são presididos respetivamente por Manuel Moreira em Amares, Miguel Costa Gomes em Barcelos, Ricardo Rio em Braga, Benjamim Pereira em Esposende, António Vilela em Vila Verde, e Manuel Tibo em Terras de Bouro.

A seguir à instalação do Conselho Intermunicipal procedeu-se à eleição da sua direção, por unanimidade dos presentes, tendo-se mantido a composição do anterior mandato (2013-2017).

Assim, o Presidente da Câmara Municipal de Braga, Dr. Ricardo Rio, foi reconduzido no cargo de Presidente do Conselho Intermunicipal da CIM Cávado, assim como os dois Vice-Presidentes deste órgão, o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e o Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela.

Este foi o quarto ato eleitoral para os órgãos desta estrutura administrativa, criada no âmbito da lei 45/2008, e regida actualmente pela Lei 75/2013 de 12 de Setembro, a qual definiu o novo estatuto das entidades intermunicipais.

De acordo com a nova legislação, são órgãos da Comunidade Intermunicipal do Cávado a Assembleia Intermunicipal do Cávado, o Conselho Intermunicipal do Cávado, o Secretariado Executivo Intermunicipal e o Conselho Estratégico para o Desenvolvimento Intermunicipal.

O Conselho Intermunicipal agora eleito é composto pelos presidentes destes seis municípios, e a Assembleia Intermunicipal é constituída por membros diretamente eleitos em cada uma das seis assembleias municipais, de forma proporcional, consoante o número de eleitores de cada município, e nos termos da Lei 75/2013.

Deste modo, serão 30 os deputados que constituirão a Assembleia Intermunicipal do Cávado, distribuídos da seguinte forma: Braga (8), Barcelos (8), Amares (4), Esposende (4) Vila Verde (4), Terras de Bouro (2).

O ato eleitoral para a composição deste órgão deverá ocorrer nas assembleias municipais de cada concelho, a partir do colégio eleitoral constituído pelo conjunto de membros da assembleia municipal, e eleitos directamente, mediante a apresentação de listas. A eleição deverá realizar-se antes do fim do corrente ano.

Saliente-se que a CIM do Cávado é uma associação de municípios de fins múltiplos, com a figura de pessoa colectiva de direito público, e tem por objecto diversos fins públicos destacando-se a promoção da estratégia de desenvolvimento intermunicipal, a participação na gestão de programas de apoio ao desenvolvimento regional, designadamente no âmbito do QREN, actualmente corporizada pela gestão do Plano Territorial de Desenvolvimento do Cávado, bem como na articulação de investimentos municipais de interesse intermunicipal, entre outros.

Um dos desafios mais relevantes da CIM Cávado é a gestão do Plano de Desenvolvimento Territorial do Cávado, que gere uma parte significativa do financiamento comunitário na região no período de programação comunitária 2014-2020.

Cabe igualmente às comunidades intermunicipais assegurar o exercício das atribuições transferidas pela administração Central, ou que provenham por delegação dos municípios que as integram, como aconteceu recentemente com a criação da Autoridade Intermunicipal de Transportes do Cávado.

O conjunto de atribuições de que estão investidas as CIMs têm um denominador comum relevante, que é a promoção intermunicipalidade no território, quer ao nível das políticas municipais, quer dos programas em geral, quer dos investimentos, gerando racionalidade, eficácia e mais-valias evidentes com consequências directas na qualidade de vida das populações.


Bem-vindo Bem-vindo

A Internet é o principal veículo de comunicação de que as pessoas se servem, no seu dia-a-dia, em todo o mundo, tanto na sua vida pessoal como no desempenho da atividade profissional. Todas as organizações modernas têm nos seus sites uma janela aberta ao mundo e uma plataforma de comunicação e de interação com o seu público-alvo. Estaremos sempre abertos à inovação e recetivos a sugestões que nos ajudem a continuar a construir um Concelho próspero onde todos gostem de viver e se realizem profissionalmente.            

 

Documentos recentes Documentos recentes