Pular para o conteúdo

Presidência Presidência

Mensagem da Presidente da Câmara

Com enorme orgulho e entusiasmo, assumo as funções de Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde para o mandato 2021/2025. Agradeço aos vilaverdenses o voto de confiança que depositaram em mim...

         

Voltar

Cidadãos desafiados a redobrar atenção para travar desinformação digital

Casa do Conhecimento de Vila Verde assinalou Dia Mundial da Sociedade da Informação 

No acesso à informação digital, é preciso um empenho pessoal de cada consumidor para travar a propagação de falsidades e estratégias orquestradas de desinformação. O desafio foi deixado em forma de “conselhos a seguir”, na comemoração do Dia Mundial da Sociedade da Informação organizado pela Casa do Conhecimento de Vila Verde. 

“Desinformar: é fácil, é barato e dá milhões... de ‘likes’. Que fazer, então?” foi o mote que levou Joaquim Fidalgo, investigador do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, a aprofundar o papel do cidadão na propagação, ou no bloqueio, da falsa informação. 

Numa sessão encerrada pela presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Júlia Rodrigues Fernandes, o investigador académico enunciou vários conselhos sobre a temática das ‘Fake News’, assim como “os tipos e formas de manipulação da informação, na verdade, meia-verdade e falsidade da informação”. 

“Vamos trabalhar para combater a desinformação, procurar ser mais observadores, repensar o que vemos e lemos, para que estejamos mais informados, ativos e interventivos no sentido de melhorar a comunicação em sociedade”, desafiou Júlia Fernandes, concluindo a jornada de reflexão e debate na Casa do Conhecimento de Vila Verde. 

Numa sessão presencial e online com a participação diferentes parceiros e responsáveis escolares, a autarca salientou a importância da comemoração Dia Mundial da Sociedade da Informação e do papel da Casa do Conhecimento de Vila Verde no combate à iliteracia digital, reconhecendo a importância da informação digital. 

“As excelentes comunicações do dia permitem-nos perceber que temos formas diversas de as apurar e que depende de nós fazê-lo. Estar conectado é uma mais-valia, porque é também comunicar, estar ligado à sociedade e um meio de conhecer o mundo e chegar aos outros. Hoje em dia, as tecnologias são tão abrangentes, que têm a capacidade de conectar numa mesma ligação pessoas geograficamente dispersas, como é o caso deste encontro, para uma mesma finalidade a de comunicar e de informar”, partilhou Júlia Fernandes. 

A conferência abriu com uma intervenção do vice-presidente da autarquia e vereador da educação e ação social, Manuel Lopes, que deu destaque ao poder da informação e à importância das ferramentas da comunicação e da sua utilização, no sentido de proporcionar informação verdadeira para o bem comum da sociedade. 

No painel de comunicações, o coordenador da Casa do Conhecimento de Vila Verde, José Ismael Graça, abordou o fenómeno da desinformação no contexto da globalização e da digitalização, a classificação de tipos de desinformação, a forma de identificar notícias falsas e o contexto das redes sociais. 

De seguida, José Gabriel Andrade, professor e diretor da Casa do Conhecimento da Universidade do Minho, deu início à exposição “O Espaço Digital na Construção do Conhecimento” focando-se na estrutura dos media, na produção de conteúdos na dimensão local e global, nos mercados consumidores desses conteúdos e no perfil dos profissionais dos media. 

Manuela Barreto Nunes, bibliotecária e coordenadora das Bibliotecas Municipais de Vila Verde, moderou um debate presencial e online, que contou ainda com a presença de José Alberto Rodrigues, diretor do Agrupamento de Escolas de Vila Verde, de Lúcia Pinheiro, em representação do Agrupamento de Escolas de Prado, de Cristina, Barros da Casa do Conhecimento de Boticas, de João Oliveira, da Casa do Conhecimento de Fafe, de docentes e alunos da Escola Profissional Amar Terra Verde, da Escola Secundária de Vila Verde e do Agrupamento de Escolas de Vila Verde.

Município de Vila Verde, 18.05.2022

GALERIA FOTOGRÁFICA

 


 Divulkgação dos resultados da qualidade da água da rede pública  

concursos de admissão de trabalhadores

 Facebook  Issuu  YouTube  Instagram  

PROTEÇÃO DE DADOS

O Municipio de Vila Verde, na sequência do exercício de funções de interesse público e exercício da autoridade pública, está profundamente empenhado na implementação de processos que recolham e tratem os dados pessoais adequados, pertinentes e limitados ao que é necessário relativamente às finalidades, cumprindo com os princípios de licitude, lealdade, transparência e minimização.

Adicionalmente, são implementadas, e continuamente avaliadas, medidas técnicas e organizativas consideradas adequadas à salvaguarda da informação mantida sob responsabilidade do Município. Os dados pessoais recolhidos serão conservados pelo tempo estritamente necessário, seja para cumprimento de prazo certo expressamente fixado por Lei ou outro proporcional e adequado ao objetivo da recolha.

Os titulares dos dados pessoais, tratados sob responsabilidade do Municipio, podem exercer os direitos de acesso, retificação, oposição, apagamento, limitação e portabilidade, nas situações aplicáveis, por meio de requerimento específico. Existe um Encarregado de Proteção de Dados designado, que pode ser contactado através do email dpo@cm-vilaverde.pt, ou via postal dirigido ao mesmo e endereçado para a morada Praça do Município 40, 4730-728 Vila Verde.

Para mais informações consulte a nossa  Política de Privacidade.

AVISO LEGAL

O Município de Vila Verde, através de seu portal na Web fornece informações de interesse geral do concelho de Vila Verde, em especial, a informação e os esforços da organização municipal. A informação fornecida é atual no momento da sua publicação.
O Município de Vila Verde pretende que esta informação seja exata e precisa e procede à sua atualização com a maior frequência possível, tentando evitar erros e corrigi-los, assim que os deteta. No entanto, o Município de Vila Verde não pode garantir a ausência de erros ou que o conteúdo da informação seja permanentemente atualizado.
O Município de Vila Verde pode levar a cabo a qualquer momento e sem aviso prévio, modificações, supressões ou alterações das informações publicadas ou ser capaz de alterar a configuração ou a apresentação.
O acesso ao portal da Web, bem como a utilização das informações que ele contém, são da exclusiva responsabilidade do utilizador. O Município de Vila Verde não é responsável por quaisquer danos que possam decorrer destes factos, nem pode garantir que o acesso não seja interrompido, ou que o conteúdo ou software acedido esteja livre de erros ou causa de dano.
As informações prestadas em resposta a qualquer pergunta ou pedido de informação são meramente indicativas e em nenhum caso será vinculativa para a resolução de procedimentos administrativos, que são estritamente sujeitos às normas legais ou regulamentares que sejam aplicáveis.
Os conteúdos publicados incluem links para páginas de terceiros, web sites, principalmente de outras entidades públicas, que são considerados como podendo ser de interesse para os utilizadores do Portal. O Município de Vila Verde não assume qualquer responsabilidade derivada das ligações ou do conteúdo desses links.

FICHA TÉCNICA

Manutenção e edição
Serviços do Município de Vila Verde

 Agradece-se a comunicação de qualquer anomalia técnica ou outro tipo de dificuldade relacionada com a utilização do site. Para o efeito, envie email para helpdesk@cm-vilaverde.pt.
Este projeto foi cofinanciado pelo projeto Cávado Digital MAIS (POVT)