Pular para o conteúdo

Notícias Notícias

Voltar

Biblioteca Municipal de Vila Verde abre as portas ‘De Casa para um Mundo’ com exposição que junta diferentes expressões artísticas

A sublime e delicada fragrância das artes instalou-se em Vila Verde. Meia centena de artistas nacionais uniram-se em tempos de pandemia para o projeto artístico coletivo ‘De Casa para um Mundo…’, uma exposição itinerante que vai ‘perfumar’ a Biblioteca Professor Machado Vilela até ao dia 8 de outubro, com entrada gratuita.

A sessão de inauguração decorreu durante a tarde de ontem, 11 de setembro, e arrancou com um momento de música ao vivo. A vilaverdense Sílvia Pinto, dona de uma voz que encantou o país, protagonizou uma atuação arrebatadora que emocionou muitos dos presentes numa simbiose perfeita com o pianista José Paulo Ribeira.

Seguiram-se as intervenções institucionais e uma visita guiada a cargo de Helena Mendes Pereira, que revelou as origens de um projeto criado por Sobral Centeno e Manuel Novaes Cabral, com curadoria de Fátima Lambert.

 

15 + 15 + 15 = 15

Ainda nos primeiros dias do primeiro confinamento, estes criadores inquietos começaram a procurar formas de se reinventarem e continuarem a criar em tempos de pandemia. Aí surge uma ideia disruptiva. Unir em cada obra não só diferentes visões, mas também diferentes expressões artísticas de forma dialogante. O resultado está à vista num cálculo que desafia as leis da matemática. 15 escritores + 15 artistas plásticos + 15 compositores = 15 obras de arte que convidam a uma viagem algures entre a literatura, a música e as artes visuais. Foram ainda convidados 5 designers, que fizeram outros tantos cartazes com a sua visão ‘De casa para um mundo’.

“Tudo começa na palavra. O escritor envia uma frase que tem que integrar a obra. Esta é a regra”, revelou Helena Mendes Pereira, destacando o papel fundamental na tecnologia para quebrar as barreiras da distância. Mais tarde, por sugestão de Paula Freire, surge a música. Os compositores recebem uma imagem ou até a própria obra e nela se inspiram para a composição musical que pode (e deve) ser ouvida enquanto se aprecia a obra, através de um QR Code. A exposição tem ainda o condão de atravessar gerações, juntando artistas consagrados de renome nacional e internacional a diamantes emergentes na cultura nacional.

 

HISTÓRIAS DE SUPERAÇÃO

Presente na sessão, a Vereadora da Cultura não escondeu a satisfação perante mais um momento alto para a cultura em Vila Verde. Júlia Fernandes destacou a qualidade de “uma exposição extraordinária, de enorme beleza” que vai certamente fazer as delícias dos visitantes. Numa altura de grande adversidade, perante um cenário desconhecido, “conseguimo-nos superar para ultrapassar as dificuldades, esta é a grande capacidade do ser humano, de se adaptar e inovar”.

Por sua vez, o diretor da Bienal Internacional de Arte de Cerveira começou por agradecer a colaboração ao Município de Vila Verde. Cabral Pinto sublinhou também o facto de os artistas estarem acostumados com o trabalho em ‘isolamento’, nos seus ateliês, o que lhes permitiu continuar a criar mesmo em confinamento. “Foram muitos os que refletiram nas suas obras a amplitude do vírus e divulgaram nas redes sociais esta pandemia, mostrando como a arte pode unir-se na luta contra a doença”, referiu. Depois de integrar a XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira, o projeto tornou-se itinerante. “Passou por Monção, Matosinhos e Vigo, antes de chegar agora a Vila Verde. Não sabemos onde vai parar”, concluiu.

Município de Vila Verde, 12.9.2021

 

GALERIA FOTOGRÁFICA

 

 


concursos de admissão de trabalhadores

Covid-19 Informação

 Divulkgação dos resultados da qualidade da água da rede pública 

 Facebook  Issuu  YouTube  Instagram  Newsletter - Juntos Fazemos Vila Verde

                

Presidência Presidência

COVID-19 - “NUNCA COMO AGORA PRECISAMOS DE SI” - Mensagem do Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde

Caras(os) Vilaverdenses,   Enfrentamos, nesta altura, uma segunda vaga da pandemia COVID-19 que está a ter um impacto muito preocupante na saúde de um número crescente de pessoas e reflexos bastante graves na situação económica e social do país. Começo por manifestar a minha...

Documentos recentes Documentos recentes

FICHA TÉCNICA

Gestão, Conceção e design gráfico
Unidade de Sistemas de Informação e Unidade de Inovação e Conhecimento

M;anutenção, edição e manutenção
Serviços do Município de Vila Verde

 Agradece-se a comunicação de qualquer anomalia técnica ou outro tipo de dificuldade relacionada com a utilização do site. Para o efeito, envie email para helpdesk@cm-vilaverde.pt.
Este projeto foi cofinanciado pelo projeto Cávado Digital MAIS (POVT)

PROTEÇÃO DE DADOS

O Municipio de Vila Verde, na sequência do exercício de funções de interesse público e exercício da autoridade pública, está profundamente empenhado na implementação de processos que recolham e tratem os dados pessoais adequados, pertinentes e limitados ao que é necessário relativamente às finalidades, cumprindo com os princípios de licitude, lealdade, transparência e minimização.

Adicionalmente, são implementadas, e continuamente avaliadas, medidas técnicas e organizativas consideradas adequadas à salvaguarda da informação mantida sob responsabilidade do Município. Os dados pessoais recolhidos serão conservados pelo tempo estritamente necessário, seja para cumprimento de prazo certo expressamente fixado por Lei ou outro proporcional e adequado ao objetivo da recolha.

Os titulares dos dados pessoais, tratados sob responsabilidade do Municipio, podem exercer os direitos de acesso, retificação, oposição, apagamento, limitação e portabilidade, nas situações aplicáveis, por meio de requerimento específico. Existe um Encarregado de Proteção de Dados designado, que pode ser contactado através do email dpo@cm-vilaverde.pt, ou via postal dirigido ao mesmo e endereçado para a morada Praça do Município 40, 4730-728 Vila Verde.

Para mais informações consulte a nossa  Política de Privacidade.

AVISO LEGAL

O Município de Vila Verde, através de seu portal na Web fornece informações de interesse geral do concelho de Vila Verde, em especial, a informação e os esforços da organização municipal. A informação fornecida é atual no momento da sua publicação.
O Município de Vila Verde pretende que esta informação seja exata e precisa e procede à sua atualização com a maior frequência possível, tentando evitar erros e corrigi-los, assim que os deteta. No entanto, o Município de Vila Verde não pode garantir a ausência de erros ou que o conteúdo da informação seja permanentemente atualizado.
O Município de Vila Verde pode levar a cabo a qualquer momento e sem aviso prévio, modificações, supressões ou alterações das informações publicadas ou ser capaz de alterar a configuração ou a apresentação.
O acesso ao portal da Web, bem como a utilização das informações que ele contém, são da exclusiva responsabilidade do utilizador. O Município de Vila Verde não é responsável por quaisquer danos que possam decorrer destes factos, nem pode garantir que o acesso não seja interrompido, ou que o conteúdo ou software acedido esteja livre de erros ou causa de dano.
As informações prestadas em resposta a qualquer pergunta ou pedido de informação são meramente indicativas e em nenhum caso será vinculativa para a resolução de procedimentos administrativos, que são estritamente sujeitos às normas legais ou regulamentares que sejam aplicáveis.
Os conteúdos publicados incluem links para páginas de terceiros, web sites, principalmente de outras entidades públicas, que são considerados como podendo ser de interesse para os utilizadores do Portal. O Município de Vila Verde não assume qualquer responsabilidade derivada das ligações ou do conteúdo desses links.